quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Telepresença. Com robôs, claro!

Já imaginou poder estar no conforto de casa e poder "bater ponto" no trabalho?

Certo. Muita gente já imaginou isso e muita gente já trabalha em casa há muito tempo. Mas, este conceito está tomando outra dimensão com a implantação dos robôs para telepresença. Eles fazem mais do que uma simples vídeo-conferência: eles transportam também a capacidade do interlocutor de se mover e de interagir com pessoas que estão em diferentes ambientes, permitindo que a pessoa que comanda o robô participe de reuniões e até bata um papo na sala do cafezinho... mesmo estando a quilômetros do escritório!

Quem acompanha a série The Big Ben Theory deve ter visto o episódio em que o Dr. Sheldon Cooper usa um desses robôs: é o Texai, da empresa Willow Garage. Esta mesma empresa fabrica o PR2, um robô que é muito mais complexo e conta com dois manipuladores fazendo o papel de "braços" do robô!

O vídeo abaixo mostra a opinião da PCWorld sobre o Anybot QB, um modelo que está disponível por US$15.000,00 nos EUA e é chamado pela empresa que o fabrica de Personal Avatar.



Outras aplicações possíveis para robôs como esse são em casos em que a presença de um humano é importante mas pode ser perigosa. Por exemplo, este tipo de robô pode reduzir o risco para os negociadores da polícia que devem se aproximar de sequestradores, ou para os professores que vão dar o resultado de uma prova. :-)

Até a próxima!