quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Projeto Michelangelo

Ontem, no campus Manguinhos da UCL - Faculdade do Centro Leste, localizada no município de Serra, ES, foi realizada a primeira reunião do Projeto Michelangelo - Sistema Robotizado para Usinagem Tridimensional Complexa de Rochas Ornamentais. O objetivo principal do projeto é desenvolver e construir uma unidade para usinagem automática de rochas por um robô industrial com o propósito de agregar de valor a rejeitos oriundos do setor de beneficiamento primário de rochas ornamentais e a produtos obtidos do seu beneficiamento secundário. Tal setor é muito importante para a economia do estado do Espírito Santo.

O projeto será executado pela UCL em instalações da própria faculdade. Tem como contratante a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica - TECVITÓRIA e envolve a participação das empresas locais Rochaz, Zaruc Tecnologia e Revest Mármores e Granitos que, assim como a UCL, também são co-financiadoras. Recursos para realização do projeto vêm do SEBRAE e da FINEP.

O projeto tem como coordenador o Prof. Dr. Fransérgio Leite da Cunha (UCL) e conta com a participação dos professores Roger Alex de Castro freitas, M.Sc. (UCL), Eduardo Cozendey da Silva, M.Sc. (UCL) e Felipe Nascimento Martins, Dr. (IFES). Outros professores e alunos da faculdade também poderão se envolver, o que agregará valor à sua formação acadêmica.

Foto - da esquerda para a direita: Fernando Pandolpho Ferreira e Denise Giestas Ferreira/Revest Mármores e Granitos / Roberto Sant'Anna Langa /Unidade de Inovação, Acesso à Tecnologia e Educação - UATE - SEBRAE/ES / Coordenador de Graduação Prof. Roger Alex de Castro freitas, M.Sc. (UCL) / Felipe Nascimento Martins, Dr. (IFES) / Coordenador do Projeto Michelangelo e do Curso de Engenharia de Altomação e Controle Prof. Dr. Fransérgio Leite da Cunha (UCL) / Coordenador do Curso de Design Eduardo Cozendey da Silva, M.Sc. (UCL) / Eduardo Zaban/Zaruc Tecnologia / Diogo Brumas Carvalho Roberte/Rochaz Service / Alexandra A C Lopes/Gerente de Projetos TecVitória

O projeto tem duração prevista de 2 anos. Publicarei mais notícias sobre ele!

Até a próxima!